Alguns já devem saber que estou cursando a pós-gradução em Computação Gráfica no Senac/SP. A turma começou no início de 2007 e já passamos pela matéria de Fundamentos de Computação Gráfica, uma matéria mais para nivelar o conhecimento dos alunos em relação à Computação Gráfica no geral e o software adotado pela faculdade (Softimage XSI). Agora estamos na matéria sobre Modelagem Geométrica Digital e como primeiro trabalho tivemos que modelar uma casa, um rosto, um personagem cartoon e uma motocicleta.

A casa foi iniciada em duas aulas de modelagem arquitetônica, onde recebemos 3 folhas contendo as medidas da casa. Eu não entendo de arquitetura, então não sei termos nem detalhes técnicos dessa área, mas não foi problema modelar a casa (talvez por já estar acostumado a criar cenários com o 3D Gamestudio?). Começamos a modelar o rosto durante as aulas, quando o assunto era anatomia/modelagem orgânica. Edge loops, quads, etc. O professor tirou fotos frente/lado de cada aluno e tivemos que modelar nós mesmos.

Entramos em férias no início de julho e, além das duas modelagens citadas acima, tivemos que modelar um personagem cartoon (corpo inteiro) e uma motocicleta, ambos escolhidos pelo próprio aluno. Um dia das férias que estava passeando no shopping, vi um action figure do “Fred Flintstone on Chopper”, achei muito legal e acabei decidindo comprá-lo para modelar tanto o personagem como a moto.

Veja o vídeo que entreguei para os professores logo abaixo. Vale lembrar que o que será analisado é a modelagem e não materiais, iluminação ou renderização.

A casa e o rosto foram modelados no XSI, enquanto o Fred Flintstone e sua moto foram modelados no Blender. O rosto na verdade foi um misto XSI/Blender, pois modelei a orelha no Blender, levei pro XSI, uni com a cabeça e antes de renderizar acabei fazendo alguns ajustes no Blender, pois tudo foi renderizado e composto no Blender. A trilha do vídeo é a “Fuel Injection Stingray” do Marty Friedman.

Para cada modelo levei cerca de 3 dias de modelagem, 8 horas/dia. O tempo acaba sendo muito curto e ter um período de férias ajudou muito – tanto na disponibilidade de tempo para fazer os trabalhos como na redução de estresse, pois trabalho em duas empresas além de estudar na Quanta e no Senac. Sobre o curso, estou gostando bastante, em poucas aulas já deu pra aprender muito e pra confirmar coisas que antes só tinha aprendido com livros/tutoriais ou na prática do dia-a-dia. Aliás, esse é meu primeiro curso voltado à Computação Gráfica – todo conhecimento que tinha antes era por ter estudado por conta própria.

Uma coisa que quero deixar bem claro: o curso não é de XSI! É óbvio que no final precisamos aprender a ferramenta, pois ela foi adotada para o curso inteiro, mas o curso em si é de Computação Gráfica e não de XSI. Se fosse um curso de XSI, eu teria feito tudo nessa ferramenta e não teria usado o Blender, certo? Mas os conceitos que aprendemos em aula podem ser aplicados em qualquer ferramenta… claro, desde que você tenha capacidade suficiente para perceber isso🙂.

Estou dizendo isso porque ouço muita gente falar “ah, então você está fazendo aquele cursinho de XSI do Senac?”. Fico puto da vida com essas pessoas, pois a maioria são pessoas que nem sabem direito como é o curso e só falam dessa maneira porque usam outro software 3D (aquela famosa briguinha de softwares). O pior é ter que ouvir isso de pessoas que só sabem modelagem CAD, não entendem de animação, acham que design é a coisa mais fácil da vida (só porque são engenheiros) e falam que Fakeosity só existe no XSI! Por favor! Eu me sinto com muita sorte em ser da área técnica mas ainda assim gostar da área artística e tentar unir ambas.

Comentários e críticas construtivas sobre meu trabalho são bem-vindos!